TOPO bar

Hoje, depois do trabalho, fui surpreendida por uma amiga que tinha ido até ao Bairro Alto para cortar o cabelo. Não tenho por hábito abdicar dos meus treinos para descarregar o stress e carregar assim as baterias com energias renovadas, mas foi o pretexto perfeito para ir também descomprimir, de uma forma diferente, num bar muito catita que já queria conhecer há algum tempo.

Confesso que tive que fazer uso de alguns  (bons) argumentos para a convencer a descer o Chiado e caminharmos até ao largo do Martim Moniz com o intuito de subirmos até ao sexto andar do centro comercial. Mas entre algumas conversas e interrupções para falar ao telemóvel, entretida com toda a azáfama, lá foi andando… Eu prometi-lhe uma vista fantástica, e não faltei à promessa. (Mas ela ainda não sabia).

Quando entrámos no átrio do centro comercial reparei que o seu semblante estava intrigado. Li-lhe os pensamentos:

Caminhei isto tudo para vir até aqui?!

Antecipei-me a relembrá-la que às vezes somos surpreendidos onde menos esperamos. Entrámos no elevador e subimos. Sentia a sua ansiedade a querer esgueira-se de um salto. Mas o elevador abre-se e a possível angústia que se preparava para nos atacar esmorece e dá espaço à alegria. Era a porta mágica que abria…

O bar tem dois espaços distintos. O interior, onde acabámos por ficar e um exterior, com Dj a passar os seus beats, bar e pequenas estruturas em madeira para o pessoal se sentar e desfrutar da vista, do som e dos amigos.

Como não conseguimos aqui um espacinho para nós, fomos para o interior.

Depois de já estarmos convencidas com espaço e com a vista, faltava a prova final. Sentámos-nos ao balcão e iniciámos as últimas descobertas. Pedimos alguns petiscos e um cocktail para cada uma e demos corda à conversa.



Os petiscos estavam óptimos, as bebidas frescas e muito saborosas, a conversa entusiástica e a vista maravilhosa.

Provámos umas chamuças verdes de vegetais com molho de iogurte, umas tiras de porto preto em molho de caramelo e soja e um guacamole com nachos.

Estava tudo muitoooooooo bom!

De uma só vez, dei três facadas no “estilo saudável” mas só assim vale a pena, se fosse só por uma é que era de evitar…

E são estes momentos que nos aquecem o espírito, nos alimentam a gula e nos enchem o coração.

Para quem ainda não conhece aconselho. Chama-se TOPO, fica no sexto andar do centro comercial do Martim Moniz, Mouraria – Lisboa.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s